Friday, April 27, 2018

Conheça o Pronto Club Assinatura

Conheça nosso delicioso bolo de Pão de Mel

Conheça o novo Purê de Batata Doce

  • DIA A DIA

    20 Maneiras de ter uma alimentação saudável

    20 Maneiras de ter uma alimentação saudável

     

    Não ter tempo de seguir uma alimentação saudável é um dos principais problemas que enfrentamos no dia a dia.

    Aqui na PRONTO a gente sempre acreditou que levar uma alimentação saudável no dia a dia pode ser muito fácil. Basta se informar um pouco e se organizar que não tem erro!

    Pensando nisso, a gente separou algumas dicas para ajudar no dia a dia das pessoas que estão buscando se alimentar de forma saudável.

    Alimentação saudável, como seguir?

    1)Planeje-se!

    Quando você for passar o dia todo fora é sempre bom se programar para poder levar consigo uma lancheira com opções saudáveis, para não passar muito tempo sem comer e no desespero da fome acabar escolhendo uma opção ruim na rua.

     

    2) Tenha sempre algum snack na sua bolsa.

    Tem dias que fogem da rotina e acabamos ficando mais tempo fora de casa do que o previsto. Por isso é sempre bom ter algumas castanhas, frutas secas ou barrinhas de cereais na bolsa/mochila. Assim, quando bater a fome você não cai na tentação de comprar uma coxinha na padaria.

     

    3) Invista sempre em alimentos naturais e evite os industrializados!

    Barrinhas de cereal, de proteína, biscoitinhos integrais, são ótimos quebra-galhos, mas não devem fazer parte do nosso dia a dia. Entre uma barrinha e uma fruta? Vá de fruta, sempre. Nada melhor do que alimentos que não foram processados e que sabemos exatamente o que têm dentro!

     

    4) Se joga na cozinha!

    Mesmo para os que não levam muito jeito na cozinha, testar receitas fáceis e saudáveis são uma ótima maneira de aprender mais sobre os alimentos e de ter certeza de que o que está comendo é realmente saudável!

     

    5) Sempre leia os rótulos dos produtos que você comprou.

    Hoje em dia, muitos dos produtos que se dizem naturais, lights ou orgânicos não são necessariamente saudáveis. Por isso é sempre importante ler os rótulos dos alimentos que consumimos. A dica é: se a lista de ingredientes for muito extensa e tiver muitos nomes difíceis de pronunciar, certamente não é saudável. Quando a lista for curta e você conseguir reconhecer todos os itens facilmente, é porque você pode confiar no produto!

     

    6) Seja persistente!

    Se você não gosta de salada, de algum legume ou fruta, não desista desse alimento. Experimente ele em um outro dia, preparado de forma diferente, com outros temperos e de vez em quando se force a prová-lo de novo. Paladar se cria e se adapta!

     

    7) Na dúvida? Vá de fruta.

    Sempre tem uns dias que não sabemos o que levar de lanche, ou o que comer quando pinta uma fominha entre as refeições. Ficou muito na dúvida? Escolhe uma fruta que não tem erro!

     

    8) Reduza o consumo de açúcar

    Que o açúcar não é saudável, todo mundo sabe. O difícil é evitá-lo no dia a dia, pois muitas vezes consumimos produtos que levam açúcar sem que sequer percebamos! Por isso a dica é: economize sua vez com o açúcar, escolha consumí-lo quando for algo que você goste muito, para valer a pena!

     

    9) Comece as refeições sempre com um bom prato de salada!

    Além de nutritiva, a salada é uma ótima forma de enganar um pouco a fome. Começar as refeições com ela ajuda a comer menos, pois ela promove saciedade. Lembrando que a salada não precisa ser sem graça. Podemos ser criativos e colocar sementes, grãos, um molho gostoso, azeite e pronto: fica uma delícia!

     

    10) Coma até se sentir satisfeito.

    Essa história de que tem que comer até raspar o prato é papo de vó! Devemos sempre comer até nos sentirmos satisfeitos e não até sairmos com a sensação de que fomos além da conta. Sobrou? Guarda para mais tarde. Comer mais do que a nossa fome não é nada saudável.

     

    11) Acrescente fibras e sementes em suas refeições!

    Sementes como linhaça, chia, girassol e abóbora são super nutritivas e praticamente não têm gosto. Ou seja, se acrescentá-las em uma salada de frutas, iogurte, sopas e saladas, você estará colocando diversos nutrientes nas suas refeições sem grande esforço!

     

    12) Faça refeições com calma.

    Comer com calma é importantíssimo. Quando comemos com muita pressa, não mastigamos o suficiente, nos sentimos estufados e atrapalhamos a nossa digestão. Por isso é importante fazer as refeições calmamente, percebendo nossa mastigação e saciedade.

     

    13) Evite líquido durante as refeições.

    Isso é algo que todo mundo escuta falar mas nunca sabe muito bem o porquê. O fato é que ele atrapalha na eficácia de nossa digestão. Não precisa passar sede durante a refeição, se tiver muita vontade, beba um pouco de água. O importante é não exagerar!

     

    14) Evite farinhas refinadas.

    Tanto em casa quanto nos industrializados, a farinha de trigo refinada não é saudável, muito menos quando consumida em excesso. Portanto tente outras substitutas! Hoje em dia existem diversas opções de farinhas que substituem muito bem a farinha branca tradicional. Temos farinha de grão de bico, de berinjela, de amêndoas, coco, aveia… é só pesquisar e se arriscar!

     

    15) Substitua ingredientes nas receitas tradicionais

    Muitas vezes ficamos achando que é muito difícil fazer pratos saudáveis em casa porque eles caem na mesmice, mas não precisa ser assim! É possível fazer várias substituições que deixam os pratos mais leves! Basta pesquisar um pouquinho sobre os ingredientes na internet.

     

    Vão aí algumas dicas:

     

    • Leite → substitua por leites vegetais como o de amêndoas, coco, castanhas, aveia, etc.
    • Farinha de trigo → farinha de grão de bico, farinha de quinoa, farinha de aveia, etc
    • Manteiga → óleo de coco, azeite, manteiga ghee
    • Açúcar → açúcar de coco, mel, agave, xylitol, etc

     

    16) Não conte calorias e sim nutrientes

    Muitas vezes as pessoas ao invés de avaliar a lista de ingredientes dos produtos, olham direto a tabela nutricional para ver as calorias. Mas muito mais do que as calorias, o que faz um alimento ser ou não saudável é saber do que ele é feito. Vale muito mais comer 2.000 calorias em um dia que você comeu refeições saudáveis, do que consumir 1.000 calorias de fast food.

     

    17) Avalie sua fome antes de comer

    Toda vez que for comer se pergunte antes: eu estou mesmo com fome? É muito comum acabar comendo por ansiedade, tédio, estresse, hábito, e não por fome. Por isso é sempre importante avaliar se estamos comendo por necessidade mesmo ou por impulso!

     

    18) Inclua chás no seu dia a dia

    Chás são ótimos aliados para a nossa saúde. Além de hidratarem o corpo, ajudam no combate da retenção de líquidos e, dependendo das ervas que forem usadas para o seu preparo, é possível obter muitas vitaminas e fitoquímicos extremamente benéficos. Prefira sempre os feitos a partir das flores e plantas do que os de sachê!

     

    19) Ande sempre com uma garrafinha de água por aí

    Na correria do dia a dia, se não tivermos uma garrafinha de água à mão, seja na bolsa, na mochila, ou no carro, muitas vezes acabamos esquecendo de beber água! Por isso lembre: saiu de casa, leva uma garrafinha para lembrar de se hidratar o dia todo!

     

    20) Invista em um nutricionista

    Se você ainda está perdido e não sabe muito bem por onde começar, ou está com algum objetivo específico como emagrecimento ou ganho de massa muscular, o mais recomendável é procurar pela ajuda de um profissional do ramo para poder te auxiliar da melhor forma possível!

    A Pronto está presente na alimentação de milhares de famílias, conheça os nossos programas e escolha o que mais combina com você.

    Fontes :

    http://www.nutrindoideais.com.br/categoria-nutricao/dica-de-saude/

    http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/nutricao/tipos-de-chas-conheca-os-beneficios-de-cada-bebida/2278#

    http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/mitos-e-verdades-das-refeicoes.htm

    http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/04/excesso-de-liquido-nas-refeicoes-atrapalha-mastigacao-e-digestao.html

    http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/sem-gluten-sem-lactose-e-mais-veja-como-substituir-ingredientes-em-uma-dieta-restritiva.htm